CNPC REPUDIA ENFOQUE DO SAMBA DA IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE

O carnaval e o samba perdem uma grande oportunidade de retratar ao mundo a riqueza do Amazonas e, em especial, a beleza do Xingu pela sua biodiversidade. A questão da preservação ambiental dentro do contexto do samba enredo da “Imperatriz Leopoldinense” pode e deve ser louvada, porém, devemos enaltecer o fato de termos a maior quantidade de vegetação nativa guardada em nossas florestas do que qualquer outro país do planeta. Não nos cabe opinar sobre a conveniência de projetos geradores de energia hidrelétrica na região, pois, isso deve ser avaliado por especialistas no tema e não se referem diretamente à agropecuária. Estudos e pesquisas mostram que a causa inicial do desmatamento na Amazônia é a busca por madeira nobre, frequentemente contrabandeada para países da União Europeia, principalmente a Inglaterra. A seguir vem a derrubada de árvores não nobres, para a produção de carvão. Depois ocorre a atividade dos garimpeiros nas áreas de minérios. O assentamento de sem-terra, em mais de 42 milhões de hectares na região é também causa do problema, pois não existe mercado consumidor para a fraca produção desses assentados. O Agronegócio sempre foi o sustentáculo da economia nacional, pois emprega, direta e indiretamente, milhões de pessoas que se dedicam integralmente à produção do alimento que vai à mesa dos brasileiros todos os dias, com excedente que permite a exportação, contribuindo decisivamente para o aumento do PIB brasileiro. O homem do campo tem a consciência de que o uso sustentável dos recursos naturais preserva o seu principal bem de capital que é a TERRA, de onde tira o sustento para si e para a população que não a produz, razão pela qual, perpetua esse bem protegendo o ecossistema, como necessidade fundamental para a sua permanência no campo e para existência de seu negócio. Cabe lembrar, a título de exemplificação, que o Brasil é responsável pela produção de mais de 10 milhões de toneladas de carne bovina, mais de 215 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas. Grande destaque é também obtido pela produção de carnes aviária e suína, gerando o espetacular superávit em nossa balança de comércio exterior. Enfim, são essas as informações que o mundo precisa saber e cantar, em verso e prosa, como já o fora por outras escolas, em outros carnavais, a exemplo da Acadêmicos do Tucuruvi, em São Paulo, que exaltou o dignificante trabalho do produtor rural, que tem, até hoje, na figura do tradicional líder do Agronegócio, Fábio de Salles Meirelles, o seu presidente de honra.

© Copyright 2001 - 2017 - Todos os direitos reservados.
CNPC – Conselho Nacional da Pecuária de Corte
Paradoxo Digital